28 setembro, 2015

Primeiras Impressões: Happy Ending




Olá dorameiros!



Estreou hoje na Rede Brasil, a primeira novela coreana no Brasil a ser passada por aqui com ampla distribuição, Happy Ending. Falo isso, porque há alguns anos, havia um canal de uma tv fechada, a Sky, que passava novelas asiáticas, mas era um canal que não tinha em pacote nenhum, era como o canal da Playboy, você tinha que pagar separado, independentemente se você tinha aquele pacote com 543564 canais, lembro que custava 49 dilmas, se dorameiro já reclama de pagar  conta premium no dramafever e no viki que custam 10% disso quem dirá, assinar uma tv por assinatura só pra ver dorama.




Exibida em 2012 na Coreia do Sul, Happy Ending foi anunciada como grande sucesso de audiência e público, que parâmetros usaram, eu não sei, pois é uma novela de tv paga na Coreia que assim como aqui não tem os mesmos níveis de audiência como na tv aberta, mas pelo que pesquisei, foi vendida para alguns países e obteve sucesso.
Mas primeiramente, vamos para sinopse, até porque, para você que não viu, ter uma ideia do que se trata.




Sinopse: Happy Ending conta história de uma família desestruturada, que depois da descoberta da morte eminente do patriarca, Kim Doo Soo reúne a família para resolver os problemas do passado e passar a conviverem juntos.

Elenco*




*DramaWiki


Choi Min Soo( Kim Doo Soo) é um ator bastante premiado na Coreia do Sul, no seu currículo há clássicos como Sandglass(1995) e sucessos mais recentes como Faith (2012), Pride and Prejudice(2014) entre outros. O elenco ainda conta com o idol Kang Ta, So Yi Hyun( Who are You 2013), Kim So Eun ( Boys Before Flowers, 2009) entre outras estrelas já conhecidas do público dorameiro brasileiro.

Ter uma opinião formada logo no primeiro episódio, é complicado, mas saber o que uma emissora de tv não deve fazer com uma obra de um país cujo a cultura é muito diferente da nossa, é mais fácil. Nem vou entrar no mérito da dublagem, se está ruim pra assistir filme no cinema legendado, imagine kdrama na televisão brasileira. 

Mas a primeira exibição teve erros grotescos, cortes a la filmes exibidos no SBT, adaptação de situações formais coreanas para informais, acho muito complicado você assistir algo que você sabe que é diferente, e ver o esforço que a equipe de tradução fez pra "adaptar" a realidade mais próxima da nossa.

E o final? Gente, a novela, tirando os comerciais, deve ter durado uns 22 minutos, isso mesmo, o tempo de um episódio de anime, me corrijam se eu estiver errada, mas este dorama tem 1 hora de duração, não? Cortou no meio do nada, e eu fiquei lá com cara de bunda.

Como você espera atrair um público não acostumado com doramas fazendo esse tipo de cortes? Aliás, nem deu pra entender do que trata-se a história direito...

Mas vou continuar assistindo, já que muitos pediram tanto por doramas na tv brasileira, agora está aí de graça, na tv ou na internet, vamos ver se melhora com o tempo, não o dorama, e sim o modo de exibição.


Por hoje vou ficando por aqui, e acompanhando a repercussão do dorama pelos grupos do face da vida. E vocês o que acharam?

~Ana-chan

6 comentários:

  1. Ai amiga não quero ficar com cara de bunda não...
    Detesto cortes, prefiro ver tudinho, mesmo que seja uma parte ruim. E o pior, aqui em casa minha TV é péssima (com Azinho), acho que pra mim não dá não, só se for pra rever depois na internet.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No canal da rede brasil tá passando, mas o player deles é bem fraquinho...

      Excluir
  2. Gostaria de assistir, massss com áudio original e legendas rs.

    ResponderExcluir
  3. Na SKY atualmente tem o NHK World, e acaba passando alguns dramas. Esse canal custa apenas 17,90 mensais. Dizem que passa a KBS World na GVT TV, mas não tenho muitas informações sobre.
    ~Ana Tércia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não pagaria, pq eu não vejo TV, mas pra quem gosta, é uma boa, aqui em casa tenho a claro tv, e lá tem um canal japa, mas nunca parei pra ver se passa jdrama. bjs

      Excluir