19 fevereiro, 2016

Ugly Duckling (Perfect Match)




Recentemente vi um lakorn de comédia romântica chamado Perfect Match, ainda não sou uma expert em doramas tailandeses, mas a cada um que eu assisto, eu gosto mais. Ainda não consegui sair do eixo romance/comédia/drama de lá, mas sei que a variedade de gêneros lá é tão grande quanto na Coreia ou no Japão. Vi meu primeiro lakorn há uns 2 anos( Full house thai) e desde então, venho assistindo um aqui e outro ali, lendo resenhas e comentários pelo grupos de doramas aí da vida para fazer boas escolhas, apesar de  que, vi Perfect Match meio que às cegas, não li comentário nenhum, só achei Put Puttichai a última maravilha criada por Deus e resolvi assistir, confesso. Pertecente a uma quadrilogia chamada Ugly Duckling, hoje venho falar um pouco deste dorama um tanto fofo.




Sinopse: Khun Nu, Junior, é uma garota muito linda, vaidosa e que se importa com o que as pessoas pensam sobre sua própria aparência. Por causa disso, inconformada com suas bochechas devido às críticas, ela acaba cedendo à pressão das suas amigas e fazendo uma cirurgia pláastica. O que ela não sabia é que era alérgica a substâncias químicas e, de uma simples cirurgia, seu rosto ficou arruinado coberto de espinhas por todo lugar. Após o incidente, ninguém queria se aproximar dela e, quem quer que a visse, chamava-a de cara de fantasma. Até mesmo sua mãe mostrava sentimento de repulsa por ela. Não podendo mais suportar, ela implora a seus pais para estudar em uma faculdade no interior a fim de evitar a vida social do lugar onde mora e receber o tratamento facial no hospital da faculdade. E é então que ela conhece P´Seua, um cara divertido, muito bonito e que tem covinhas, mas é muito pobre.(By Banzai Dramas)


Informações Técnicas: 


  • Título: Perfect Match / แฟนฉัน! รับประกันความเพอร์เฟ็กต์
  • Episódios: 9 
  • Período de exibição: 17 de maio de 2015 a 12 de julho de 2015
  • Diretor: ฉัตรแก้ว สุศิวะ
  • Canal: GMM TV


Elenco Principal:  

Put Puttichai como Seua/Leo
Worranit Thawornwongs como Junior/Joo
Korawit Boonsri como Bee
Oranicha Krinchai como Nungning.


Elenco de Apoio: 







A nossa protagonista Junior é muito linda, parece uma bonequinha, tem um namorado gatinho, é rycah e tem muitas "amigah" que ficavam enchendo o saco da garota por ela ser bochechuda, eu sinceramente não achei isso, porém não sei dizer o que venha ser uma pessoa considerada bochechuda na Tailândia, o fato foi que Junior resolveu ceder a pressão das amigah e submeteu-se a um processo de cirurgia plástica pra ficar com a cara igual a de todo mundo, aliás, não aconteceu a tal cirurgia plástica, pois ela teve reação alérgica a um medicamento/injeção que ela teve que tomar para poder passar pelo procedimento, seu rosto ficou cheio de espinhas, parecia que ela tinha sido atacada por um enxame que a deixou muito, mas muito estranha.

Lógico e obviamente que quando a gente fica por baixo, as ditas amigah foram sumindo, no caso de Junior, até o namorado resolveu dar no pé, restando o apoio de alguns poucos, que na verdade resumiram-se em alguns familiares. Vendo que virou motivo de chacota na sociedade, Junior resolve ir estudar em uma faculdade bem distante de onde mora, assumir uma nova identidade, e que no depender dela, ficar bem longe do máximo de pessoas que puder, a única coisa que ela quer é ter uma vida tranquila, inclusive resolve usar um lenço no rosto para passar batida, o que obviamente não funcionou, e obviamente também virou alvo de chacota na faculdade.





Lá ela consegue fazer alguns poucos amigos, com destaque para Bee e o bonitão Leo, veterano da escola e que trata e cuida de Junior como uma irmã mais nova, ela quase que de primeira vista já sente uma quedinha por ele, porém Leo já é comprometido há alguns anos com Nungning, mas por ela ser rica e ele pobre, o romance deles não é aprovado pela família dela. Com o tempo, Nungning vai cedendo a pressão da família e resolve por um fim ao relacionamento deles, deixando o campo aberto para Junior.

Porém Junior tem problemas de autoestima devido as suas espinhas, e acha que um cara como Leo nunca vai gostar dela, e ela resolve então, deixar quieto seus sentimentos por ele. Depois do pé na bunda que levou da sua namorada de longa data, Leo começa a ver Junior com outros olhos, na verdade, ele meio que acha que eles são parecidos, principalmente no que diz respeito ao amor, ele acredita que nenhuma garota quer algo sério com ele, porque apesar de bonito é pobre, e ela acredita que ninguém vai querer nada sério com ela por estar feia. Leo não sabe da verdadeira identidade de Junior e acha que ela é como ele, começa a investir, e pesado, para conquistar Junior. Ela por sua vez, acha que Leo está de sacanagem, e resolve não ceder as investidas.





Acho que o ponto alto do dorama acontece quando Leo se dá conta que está à fim de Junior, e começa como quase que um louco a dar em cima da amada, mas ao mesmo tempo acontece algo que me incomodou muito, e que também não é a primeira vez que vejo isso em lakorns, eu realmente fico assustada com a agressividade que os homens de lá se comportam com a recusa das mulheres em ceder as investidas, Leo, ao perceber que Junior não pretende ficar com ele, começa a tratar muito mal, não entende porque ela não quer sair com ele e passa a ser muito agressivo verbalmente com ela, ofendendo a moral da moça, algumas vezes publicamente, principalmente quando um "outro elemento" surge na parada, e acho que ele tem em mente que se não rola com ele, não deveria rolar com mais ninguém. Leo nos primeiros episódios era um amor de pessoa, da metade em diante, ficou um tanto obscuro, compreendo que ele tenha ficado traumatizado por ter sido abandonado e humilhado pela ex-namorada rica, pelo único fato dele ser pobre, mas não justifica tamanha agressividade que ele teve com Junior, não que ela fosse uma santa, ao contrário, ela enfiou os pés pelas mãos algumas vezes, mas pela idade, pouca experiência amorosa, e seu problema com autoestima é compreensível.







O que eu mais gosto em Lakorns, é a diversidade de personagens que tem destaque nos doramas, Perfect Match tem um personagem gay, o Bee, e ele é tratado de igual para igual por todos os seus amigos, adorei saber que nenhum momento ele foi infeliz por ser gay, ao contrário, se tratando de vida amorosa, Bee jogava seu charme para outros homens e o que eles faziam era não aceitar educadamente, ninguém o ofendia por causa disso, ninguém o excluía, e a história seguia. 





Enfim, Perfect Match, por ser uma comédia romântica, possui todos os clichês possíveis do gênero, mas não deixou de ser divertido, os pontos que eu poderia considerar negativos, como o comportamento de muitos homens de lá, apesar de não apoiar qualquer tipo de machismo, acho que como muitas novelas de diferentes lugares, retratam o comportamento da sociedade e é legal que nós aqui como consumidores de entretenimento tailandês possamos de alguma forma conhecer os diferentes aspectos sociais de lá.

Recomendo muito o dorama, são 9 episódios com mais ou menos 50 minutos de duração, não acho que seja um dos melhores no gênero, mas prendeu bem minha atenção.





Nota: 7.4/10

Onde assistir: Fansubber (necessário cadastro)


Por hoje vou ficando por aqui, estava com saudades de postar resenhas, o problema é que estou numa fase sofrível de estar acompanhando doramas em andamento, logo, não tenho visto dramas completos, e pra piorar minha situação, semana que vem tem estreia de Descendants of the sun, pra se juntar a minha agonia de esperar por episódios novos de Mars(jdrama), Moorim School, Cheese in the trap e Signal. Tortura psicológica define.













0 comentários:

Postar um comentário