21 dezembro, 2014

The Cat: Filme de terror para amantes de gatos (ou não...)


Olá  dorameiros!

Hoje venho dar dica de mais um filme, estamos na semana do natal, e sim, vou recomendar um filme de terror, porque sim, porque eu gostei, porque achei que os adoradores de gatos vão amar.

Aliás, você, adorador(a) de gatos vai sentir-se vingado com esta película, eu nem gosto tanto assim de gato e tava achando bem feito pro povo se ferrando lá  #soumá.




Sinopse: So-Yeon sofre de claustrofobia, devido a um incidente traumático que ocorreu a ela quando criança. Ela trabalha em um pet shop, um dia um gato chamado Bidanyi entra na loja, no dia seguinte, a proprietária do Bidanyi é encontrada morta em um elevador. So-Yeon, por solicitação do policial Joon-Suk, leva o gato para casa, pouco mais tarde, So-Yeon começa a ver um espírito de uma menina.
Sua amiga depois de adotar um gato também é assombrada por um espírito, So-Yeon agora teme pela própria vida e por isso começa a investigar mais profundamente o que há por trás desses gatos amaldiçoados. (By Meteor Dramas Fansub)




Ano: 2011
Diretor: Byun Seung-Wook 
Elenco:
Park Min-young como So-yeon
Kim Ye-ron como Hee-jin
Kim Dong-wook como Jun-seok
Shin Da-eun como Bo-hee

Já começo logo falando que em 99% das vezes estou do lado dos animais, então pra mim, achei megadivertido o pessoal morrendo lá, a maioria mereceu mesmo #soudessas.
The cat é um tradicional filme de terror coreano com espíritos, receita de sucesso no mundo inteiro, e muita gente ama (tipo euzinha), mesmo às vezes sendo um tanto repetitivo. So Yeon é tipo uma fofura de pessoa, está sempre sorridente e adora seu trabalho com gatos, ela sofre de claustrofobia, e por isso em sua casa, seus cômodos não têm portas (sim, inclusive o banheiro), ou seja, percebe-se também, que apesar de ser bonita, inteligente e fofa, não pega ninguém, porque banheiro não ter porta né minha gente, imagina o cheiro do nº2 se espalhando pela casa, mas não vou entrar em detalhes das coisas que eu imaginei, porque não é a meta desta resenha, mas acreditem meus pensamentos nojentos vão além disso.




Voltando para o filme, o elenco é pequeno, praticamente consiste na protagonista interpretada pela Park Min Young e a fantasminha, Kim Dong Wook, quase que praticamente faz participação especial, sei que muita gente o adora desde Coffee Prince, mas não achei que é o melhor trabalho para matar saudades dele.





No padrão Ana-chan da escala da maldade, não é um filme muito violento, tem um sangue aqui, um gritos ali, mas nada para dar pesadelos, calafrios, crise de ansiedade, síndrome do pânico, infarto, nem nada do tipo, até porque o filme começa lento, a protagonista é meio apática, Min Young fez tantas plásticas, que perdeu um pouco da expressão facial, que resume-se em estou feliz, estou aterrorizada (pelo ou menos ela tem 2 e a Park Shin Hye que só tem 1?).





 A fantasminha, pra mim, foi a personagem mais carismática do filme, ela é “má”, mas como todo espírito maligno, ela tem lá seus objetivos, e sim, na minha opinião, achei que ela teve motivos pra aprontar com boa parte do povo, sua história, da metade do filme em diante, dita o tom de drama, e assim como a maioria dos filmes do gênero, somos apresentados, ao verdadeiro drama da menina, que chegou a dar um aperto no coração, confesso, foi triste, e achei que o filme engrenou mesmo quando So Yeon, começa de fato, romper as barreiras do seu medo e investigar as mortes que vão acontecendo, quando ela chega ao elo de ligamento dos fatos, e ela descobre mais sobre a menina, que a película mostra a que veio e o final é bastante interessante, antes era só gente morrendo e eu tendo que aguentar a cara apática da protagonista.




Primeiro trabalho que vejo com a Park Min Young , até onde eu lembro, ela está em Healer (projeto futuro do Meteor) e espero que tenha mais empatia, porque né, pra chegar ao ponto de eu precisar torcer pra um fantasma...




Mesmo tendo feito “algumas” críticas sobre o filme, acho que com outra protagonista, um melhor proveito do elenco secundário, e um pouco mais de dinamismo, teria sido um ótimo filme, na minha opinião, mas não achei ruim, prendeu minha atenção, principalmente porque simpatizei com a fantasminha e realmente quis entender o seu lado, sei que espírito bom é aquele que não enche o saco, mas não maltratem animais na minha frente, porque vou torcer pro vilão mesmo.




Se eu recomendo, sim, dá pra passar o tempo, algumas mortes são interessantes, e o drama da fantasminha vale o ingresso (leia-se "o download").

Nota: 6.5/10

Onde baixar: Meteor Dramas Fansub (necessário cadastro)
Fansubber (necessário cadastro)



Como de costume encerro sempre com um gif, MV e afins, esta semana saiu na mídia que o Jong Hyun do SHINee vai lançar álbum solo, então nada melhor do que encerrar com os meus amados, mentira, tô sempre arrumando motivo pra postar coisas do SHINee aqui :p

Stand By me... 


 Espero conseguir passar por aqui antes do natal, a semana vai ser corrida, mas quero desejar muitas coisas para vocês, e por isso não vou dar Feliz Natal neste post hehe.

Até mais o/

Ana-chan 



6 comentários:

  1. Respostas
    1. Sério? Não sabia, mas olhando bem parece...

      Excluir
  2. Adoro filme de terror e com gatos melhor ainda vou ver hoje.

    ResponderExcluir
  3. Quero ver só por causa da Park Min, lakslkdlkd e eu odeio terror, mas por ela, vai. saldkdlkdlkdlk Esse filme ta me assustando só de ver essa resenha. faz isso comigo não

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Filme é "leve" ele queda bastante pro drama, pode ver tranquilo. bjs!

      Excluir